Login
Mobilidade Acadêmica

 

A UFFS passou a ser filiada a Andifes e, por isso, passou a usufruir de alguns programas dessa Associação.
Um deles é o Programa de Mobilidade Acadêmica da ANDIFES, que possibilita a mobilidade de estudantes entre todas as 62 IFES filiadas à ANDIFES. Este Programa é regulado pelo convênio celebrado entre as IFES filiadas, disponível em www.andifes.org.br/?page_id=16 - onde se encontra, também, uma lista de todas as universidades participantes.
Cada Universidade tem regras próprias para receber estudantes dentro do Programa. Vejam, por exemplo, os casos da UFSM (w3.ufsm.br/mobilidade/), UFMG (www2.ufmg.br/prograd/prograd/Pro-Reitoria-de-Graduacao/Estudante/Programa-de-Mobilidade-Academica), UFRGS (www.ufrgs.br/prograd/aluno/mobilidade-estudantil-1/programa-de-mobilidade-academica). 
O Programa da ANDIFES conta com a possibilidade Bolsas de Mobilidade, financiadas pelo Banco Santander, a partir de um convênio firmado com aquele Banco (www.ufrgs.br/prograd/aluno/mobilidade-estudantil-1/ConvenioANDIFESSantander.pdf). Atualmente, o Banco financia, a cada semestre, 320 bolsas de R$ 3.000,00, pagas em 5 parcelas de R$ 600,00, ou seja, para mobilidade por um semestre letivo.
Com nossa filiação, temos direito a 5 bolsas para o 1º Semestre de 2014.
A UFFS está organizando um edital para a seleção dos candidatos. Devido ao prazo curto (o ano letivo está finalizando) os interessados devem iniciara s tratativas com vistas as formalizar o pedido de mobilidade. Para concorrer às bolsas os estudantes já devem ter o aceite de mobilidade da Universidade de destino. Por isso, os estudantes devem iniciar as trativas imediatamente. A PROGRAD vai lançar o edital para as bolsas apena no início de 2014, provavelmente nas últimas semanas de janeiro ou início de fevereiro. Não é possível retardar mais do que isso, porque as bolsas devem ser implantadas já em março e, por isso, temos de indicar os 5 candidatos contemplados com as bolsas até o dia 28 de fevereiro de de 2014.
Para obter a carta de aceite, os estudantes com auxílio da Coordenação se seu Curso devem providenciar um Plano de Estudo, a ser desenvolvido durante o período de mobilidade. Este Palno de Estudo deve listar as disciplinas que o estudante irá fazer no período de mobilidade, e a Coordenação do Curso deve orientá-lo a escolher disciplinas que poderão ser aproveitadas posteriormente.
Assim, provisoriamente, será orientando que os alunos adotem os seguintes procedimentos:
1) Procurem a Coordenação do Curso, que pode designar um professor para orientar o aluno, para elaborar o Plano de Estudo (devem, se possível, fazer contatos com o Curso/Instituição de Interesse para ver prazo, procedimentos e critérios de seleção);
2) Com o Plano de Estudo pronto, encaminhem requerimento à PROGRAD/DPGRAD, solicitando a Mobilidade. Além do Plano, o requerimento deve ser acompanhado de cópia do histórico atualizado. A PROGRAD/DPGRAD irá avaliar o requerimento e, se está ok, vai elaborar uma Carta de Apresentação e encaminhar o pedido à Universidade de Interesse ( Está carta é necessária dentro do Programa ANDIFES).
Enquanto isso,  o Edital para a seleção dos bolsista. Infelizmente, considerando o pouco tempo que a UFFS tem, é possível que o Edital seja dispensável, pois, talvez, até o final de janeiro poucos estudantes conseguirão ter a carta de aceite. Por outro lado, como todo semestre teremos estas bolsas, os estudantes podem ir pensando em mobilidade para o segundo semestre.

Pré-requisitos para participar do Programa Andifes:
Aluno regularmente matriculado em curso de graduação de universidades federais filiadas à ANDIFES, que já tenham concluído, pelo menos, vinte por cento da carga horária de integralização do curso de origem e tenham, no máximo, duas reprovações acumuladas nos dois períodos letivos que antecedem o pedido de mobilidade. O aluno participante deste Convênio terá vínculo temporário com a IFES receptora, dependendo, para isto, da existência de disponibilidade de vaga e das possibilidades de matrícula na(s) disciplina(s) pretendida(s).
Além disso, as bolsas do convênio com o Santander são pagas para estudantes em mobilidade para Universidades para outros estados do estado sede de sua Universidade. A UFFS está em contato com a ANDIFES, para avaliar essa situação para considerar que estudantes dos campi do PR, por exemplo, possam receber bolsa para mobilidade em SC ou RS.MA